domingo, 3 de julho de 2022 00:20

GRE Afogados da Ingazeira recebe Feira Agroecológica da Educação do Campo e Quilombola

Ação contou com a participação de estudantes, professores e comunidade escolar, além de agricultores locais



Assessoria de Comunicação - 26/05/2022 14:35h


Créditos: Divulgação

A Gerência de Políticas Educacionais do Campo (GEPEC) promoveu, em parceria com a Gerência Regional de Educação (GRE) Sertão do Alto Pajeú, a Feira Agroecológica da Educação do Campo e Quilombola. A ação foi realizada na praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara, no centro de Afogados da Ingazeira, na última sexta-feira (20). Houve exposição e vendas de produtos agrícolas e artesanatos produzidos pelos estudantes das Escolas do Campo, incluindo a Educação de Jovens e Adultos destinada às Populações do Campo.

Esta é a primeira vez que Afogados recebe a ação, que contou com a presença de Socorro Amaral, gestora da GRE Sertão do Alto Pajeú; Jailson Santos, gestor da GEPEC; Adriana Marques e Lêda Maria, coordenadoras do Núcleo de Educação do/no Campo; além de estudantes dos 13 municípios jurisdicionados à GRE. Uma média de 350 pessoas participaram da feira.

“As feiras agroecológicas da Educação do Campo, em Pernambuco, vem se fortalecendo cada vez mais. Artistas locais se apresentam, tornando-as ainda mais atrativas. Em Afogados, tivemos apresentações do Coco de Roda do município de Carnaíba, o sanfoneiro Cauã, que veio de Tabira, e o Carimbó de Flores”, contou Jailson Santos, gerente de Políticas Educacionais do Campo.

Para Jailson, a experiência é super positiva para estudantes e professores. “Com o apoio dos professores de práticas agrícolas e professores das turmas, percebemos a troca de saberes e experiências, promovendo o desenvolvimento socialmente justo e economicamente sustentável'', afirmou.

Adriana Marques, coordenadora de Educação do/no Campo da GRE Sertão do Alto Pajeú, ressaltou que a feira é um momento de aprendizado e construção. “A feira agroecológica da nossa regional foi um momento único para todos que fazemos educação. Muitos foram os desafios. Saímos da nossa zona de conforto, encontramos parceiros que acreditaram no objetivo e na capacidade de mostrar a força da Educação do Campo no Sertão do Pajeú. A Feira foi um marco na nossa região, porque houve o envolvimento de estudantes, comunidade e professores”, relatou a coordenadora.

 


Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668