segunda-feira, 21 de junho de 2021 08:51

SEE marca Dia Internacional Contra a LGBTfobia com palestras e rodas de diálogos na Rede

Encontros serão realizados online com estudantes e professores das escolas públicas estaduais



Carina Cardoso - 05/05/2021 11:55h



Em alusão ao Dia Internacional Contra a LGBTfobia (17 de maio), a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), por meio da sua Secretaria de Desenvolvimento da Educação (SEDE) e da Gerência de Educação Inclusiva e Direitos Humanos (GEIDH), abre inscrições para diversas atividades que serão realizadas ao longo deste mês até o início de junho com o objetivo de fortalecer o enfrentamento às violências de gênero e sexualidades dentro e fora da escola. As inscrições, que são voltadas para todas as Gerências Regionais de Educação (GRE), estão abertas até o dia 14 de maio. 

 

As GREs inscritas ficam responsáveis por mobilizar o corpo estudantil e docente para participar dos encontros formativos. A abertura da programação acontece no dia 17 de maio, às 14h, com o webnário “Educação, Saúde e Direitos Humanos: Transversalizando saberes e afetos” para o público em geral, pelo canal do YouTube da Secretaria. As demais atividades ocorrem com os inscritos, e serão sempre divididas em: Encontrão, de 18 a 21 de maio, que consiste em rodas de diálogos com estudantes vinculados aos grupos de pesquisa e prática pedagógica em gênero e sexualidades; e Imô Xirê, de 31 de maio a 06 de junho, que são rodas de saberes com docentes da Rede. Todos esses encontros vão acontecer com pequenos grupos pela plataforma Google Meet. 

As Gerências interessadas em participar com suas respectivas escolas devem solicitar o formulário de inscrição pelos emails  verabragam@yahoo.com.br e unergs.educacaope@gmail.com.  “O dia 17 de maio é um dia significativo para a gente pensar o respeito às diferenças, o respeito à identidade de cada pessoa, a perspectiva de pertencimento social. E a escola tem muito a nos dizer porque ela é um local de encontro, de construção, de sociabilidade. É importante que a gente reflita sobre esse dia porque o direito à vida é o primeiro direito humano. Se a gente pensa em uma escola e luta por uma escola inclusiva, democrática e cidadã, ela precisa acolher todas as pessoas e suas identidades”, frisa Vera Braga, gestora da GEIDH.



Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668