domingo, 20 de setembro de 2020 13:43

Prêmio Gestão Escolar: mais de 170 escolas da Rede Estadual já se inscreveram

Inscrições podem ser feitas até o próximo sábado (15); Escola Técnica Estadual (ETE) de Arcoverde é uma das unidades da rede estadual inscritas



Natália Santos - 10/08/2020 18:09h


Créditos: Arquivo/SEE

Esta é a última semana para garantir a inscrição no Prêmio Gestão Escolar 2020 (PGE). O processo será finalizado no próximo sábado (15) e, até o momento, já conta com 173 instituições de ensino da Rede Estadual inscritas. Além de gestores, professores também podem participar do PGE, que contempla experiências inovadoras de gestão durante o período de pandemia. Em função do atual momento, a coordenação do prêmio decidiu reconhecer práticas exitosas das escolas que, durante o afastamento social, conseguiram encontrar soluções para o enfrentamento das dificuldades impostas pela pandemia.

Realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o PGE quer identificar e disseminar práticas inovadoras na gestão escolar; reconhecer e valorizar escolas públicas que se destacam pela gestão competente, participativa e colaborativa; além de valorizar a escola que trabalha como equipe,  com corresponsabilidades na gestão, no ensino, na aprendizagem e na solução de problemas.

Entre as escolas que já garantiram sua participação, está a Escola Técnica Estadual (ETE) Professor Francisco Jonas Feitosa Costa, de Arcoverde. Esta é a terceira vez que a instituição garante sua inscrição e entra na briga pelo prêmio, desta vez com o projeto de título: “Estratégias aplicadas nas atividades remotas no ensino técnico integrado ao médio em meio a pandemia de Covid-19.” Gestora da ETE, Lúvia Bezerra destacou o emprego da plataforma Moodle no ensino remoto durante o período de suspensão das aulas. “O nosso projeto teve como principal base lembrar aos alunos que a escola segue existindo, ainda que virtualmente, e conseguimos manter esse vínculo com eles. Todos os professores estão trabalhando juntos na iniciativa e, assim, as salas possuem todos os componentes curriculares, inclusive as eletivas, proporcionando conhecimento aos nossos estudantes enquanto passamos por essa situação difícil.”

A iniciativa vale para escolas públicas estaduais e municipais de qualquer etapa da Educação Básica: educação infantil, ensinos fundamental e médio. Nesta edição, também serão contemplados os esforços de toda equipe escolar, que estará representada na inscrição por seis integrantes: o gestor, um coordenador e quatro professores, de preferência, um por área do conhecimento. Para participar, a equipe deve preencher o cadastro da escola no site www.premiogestaoescolar.com.br e escrever o relato da experiência. 

“A nossa participação no Prêmio Gestão Escolar é com o intuito de promover reconhecimento do trabalho feito pelos nossos alunos. A expectativa é mostrar a importância de trabalhar com a criatividade dos estudantes em um momento tão crítico, quando muitos estão passando por momentos de depressão, falta de interesse e tantos outros problemas. Um trabalho que visou chamar a atenção do aluno para as aulas remotas (pela possibilidade de realizar a atividade mesmo em casa e com os objetos que tem em casa) e melhorar a autoestima dos mesmos. Fazê-los se divertirem criando as imagens deles e se sentirem mais confiantes mesmo diante de um cenário caótico”, destacou o gestor da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Lagoa Encantada, Eduardo Generoso, do Recife, que concorre ao prêmio com o projeto #40rencantarte: arte em meio à Pandemia. 

Entre os prêmios previstos para a equipe escolar estão vagas no curso de especialização a distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Para as escolas selecionadas nas etapas estadual, regional e nacional, serão oferecidas premiações em dinheiro, que vão de R$ 5 mil a R$ 30 mil. Os detalhes estão descritos no edital (acesse aqui).

“O contexto de pandemia trouxe desafios antes impensáveis para toda a comunidade escolar.  Sabemos que as escolas não estão paradas, as equipes escolares precisaram criar caminhos e encontraram soluções para suas localidades, apesar do distanciamento social. Participar desta edição especial é uma excelente oportunidade para os gestores escolares apresentarem os novos cenários criados para dar continuidade ao processo de aprendizagem e fazer a transformação social”, destacou Janainna Laetítia, coordenadora Estadual do PGE. 

Realizado desde 1998, a premiação já recebeu cerca de 40 mil inscrições ao longo de suas edições. Mais de oito milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos diretores das escolas inscritas. Entre os premiados, cinco escolas da Rede Estadual de Pernambuco: Escola Professora Jandira de Andrade Lima (2004); Escola Severino Farias (2005); Escola Luiz Gonzaga Duarte (2006); Escola Tomé Francisco da Silva (2012) e Escola Dário Gomes de Lima (2017).

 A edição 2020 tem o patrocínio da Fundação Itaú para Educação e Cultura, e da Unesco. Além disso, conta com a parceria da Bett Educar, British Council, Fundação Roberto Marinho, Fundação Santillana, Instituto Natura, Ministério da Educação, Unicef e Univesp.

 


Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668