sábado, 25 de setembro de 2021 10:39

Nutricionistas selecionados para atuar no Programa de Alimentação Escolar participam de integração na SEE

Principal objetivo do programa é garantir a oferta de alimentação saudável para mais de 500 mil estudantes matriculados na Rede Estadual de Ensino



Assessoria de Comunicação - 14/09/2021 14:01h


Créditos: Divulgação

Nutricionistas selecionados para atuar no Programa de Alimentação Escolar (PAE) de Pernambuco participaram, nesta terça-feira (14), de um momento de integração e apresentação do programa no auditório da Secretaria de Educação e Esportes, no Recife. A partir de agora, a SEE contará com 93 profissionais da área distribuídos de forma proporcional nas 16 Gerências Regionais de Educação (GRE) e na sede. O objetivo do PAE é garantir a oferta de alimentação saudável para mais de 500 mil estudantes matriculados na Rede Estadual de Ensino, atendendo às suas necessidades nutricionais. Devido à pandemia do Covid-19, os profissionais foram divididos em duas turmas e todas medidas de prevenção e combate ao coronavírus estão sendo tomadas. O evento segue com programação até esta quarta-feira (15).   

 

Dentro do programa, o nutricionista é o responsável técnico que assume as atividades de planejamento, coordenação, direção, supervisão e avaliação de todas as ações de alimentação e nutrição no âmbito da alimentação escolar. Com o incremento, Pernambuco passa a ter o maior quadro de nutricionistas em escolas estaduais do País. O reforço da equipe de nutricionista que compõe a rede estadual de educação teve um crescimento de mais de 200% nos últimos dez anos, saindo de 21 profissionais em 2011 para 93 em 2021. 

 

“Esse momento é muito importante porque a gente vai dar um start ao trabalho deles. Mas antes deles começarem a trabalhar, eles precisam se colocar dentro do programa e sentir como a gente trabalha. O formato da nossa gestão é muito complexo. Então, é necessário que haja esse momento de integração, de conhecimento e de reforço das informações”, salientou a superintendente do Programa de Alimentação Escolar, Marieta Pinho.

 

Para Marieta, que está à frente da SUPAE desde 2007, Pernambuco teve uma evolução considerável na alimentação escolar passando a servir um cardápio balanceado com alimentos saudáveis. “A mudança é total. Foi uma virada de chave que tivemos nos últimos anos no que diz respeito aos alimentos que são servidos aos estudantes da Rede Estadual. A gente encontrou uma alimentação completamente abaixo da nutrição porque era formulado (alimentos de preparo rápido) e a gente partiu para uma alimentação saudável. Hoje nós temos alimentos frescos, pão do dia, leite tipo C, feijão, arroz, então são alimentos que a gente consegue fazer um cardápio saudável”, detalhou.   

 

É importante destacar que o estudante da Rede Estadual faz entre uma e três refeições por dia, dependendo da modalidade de ensino. 

 

Hillário Damázio atua como nutricionista há sete anos e está acompanhando as escolas da GRE Metro Sul. “A alimentação escolar tem um objetivo social muito importante, porque às vezes o aluno tem só aquela refeição durante o dia. Além disso, ela também está ligada à parte pedagógica fazendo que o estudante fique mais atento às aulas. A nossa equipe aumentou. Passamos de três nutricionistas para oito e estamos conseguindo fazer um trabalho de assistência às escolas e acompanhando se o objetivo do programa está sendo, de fato, implementado nelas”, comentou. 

 

O evento contou ainda com a participação da responsável técnica pelo programa, Alessandra Jucene, e do responsável financeiro, José Alberto.

 


Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668