domingo, 20 de setembro de 2020 14:07

Equipes de Polo Aquático retornam aos treinos no Santos Dumont e recebem novos materiais

Atletas fizeram parte da ação que entregou bolas para a prática da modalidade no centro esportivo



Assessoria de Comunicação - 12/09/2020 14:06h


Créditos: Kleyvson Santos

As águas cristalinas do parque aquático do Centro Esportivo Santos Dumont estavam convidativas. Mas, engana-se quem pensa que o mergulho foi recreativo. A equipe de polo aquático Passarinho Atividades Aquáticas retornou aos treinamentos neste sábado (12). Antes de caírem na piscina, os atletas receberam das mãos do secretário executivo de Esportes de Pernambuco, Diego Pérez, bolas para auxiliar nos treinos de todas as equipes que utilizarem o parque, e máscaras. Também estiveram presentes na ação o presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Luiz Fernando Coelho, o presidente da Federação Aquática Pernambucana, Marcelo Falcão, e o professor de polo aquático do Santos Dumont, João Mignac. 

Dentro da piscina, é importante reforçar que as barras usadas para os treinamentos são as que fizeram parte da modalidade nas Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016. 

"Costumo dizer que o parque não passou por uma reforma e sim que ganhamos um novo equipamento, e um equipamento de excelência. Andamos pelo Brasil todo e o parque aquático do Santos Dumont não deixa a desejar em nada. Vai nos permitir trazer competições nacionais e até internacionais para Pernambuco", comemorou Luiz Coelho.

Treinador da primeira equipe de polo aquático a realizar treinamentos nas piscinas do Santos Dumont, Antônio Artur, conhecido como Passarinho, salientou a possibilidade do crescimento da modalidade em Pernambuco. "Uma estrutura dessa faz com que a gente cresça a nossa modalidade no Estado. É um local que veio para somar e vai ser muito bem utilizado", disse.  

"É um estímulo ainda maior e um atrativo ainda maior para mais modalidades aquáticas crescerem aqui dentro, como é o exemplo do polo. E não só para treinamentos, mas para grandes competições também. Poder fazer o reforço de material, quanto poder receber os treinamentos acaba estimulando novas gerações e o surgimento de novos atletas na modalidade", acrescentou o executivo de Esportes, Diego Pérez.

 



Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668