quinta-feira, 19 de setembro de 2019 05:03

ETE Epitácio Pessoa promove a Semana de Exatas

O evento envolve todas as turmas da escola em prol da matemática e física



Assessoria de Imprensa - 11/09/2019 17:15h


Créditos: Marlon Diego

A Escola Técnica Estadual (ETE) Epitácio Pessoa, no Cabo de Santo Agostinho, iniciou, nesta quarta-feira (11), a primeira Semana de Exatas envolvendo todas as turmas do primeiro ao terceiro ano do Ensino Médio. Durante a manhã, os estudantes participaram de experimentos do Espaço Ciência, que foi ao local para promover diversas atividades sobre a temática. À tarde, começaram as apresentações.

 

O objetivo da ação da escola é trabalhar as disciplinas de exatas no cotidiano dos estudantes. Até a sexta-feira (13), os alunos vão apresentar diversos trabalhos envolvendo a ciência no dia a dia, além de participarem de diversas oficinas como “Química orgânica lúdica e interativa”, “Sólidos geométricos” e “Jogos aritméticos de tabuleiro”. A turma da estudante Iasmin Karoline, do terceiro ano do Ensino Médio, vai socializar um trabalho sobre probabilidade e estatística na matemática. 

 

“Recebemos o tema dos professores há cerca de dois meses e decidimos que a melhor forma de apresentá-lo aos nossos colegas seria montando um telejornal, e posteriormente executar jogos com todo mundo”, contou. Iasmin se considera de Humanas, mas depois do trabalho, passou a encarar as ciências Exatas com apreço. “Criamos aqui um outro universo. A matemática e a física são disciplinas que causam um certo pânico na gente, mas aplicá-las de uma maneira mais descontraída fez todo mundo se interessar mais”, disse a estudante. 

 

Para Kerolaynne Roberta, aluna do segundo ano, a Semana de Exatas vem para auxiliar nos estudos para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), uma vez que toda a escola já está focada no vestibular. “A gente acaba gostando de certos assuntos de matemática que nunca imaginou gostar. Eu mesma vou falar sobre ilusão de ótica e fiquei encantada com tudo o que estudei. Quem não tem tanta facilidade para estudar matemática, como eu, acaba fazendo isso com mais facilidade. E agora, que estamos de olho no Enem, é ótimo para passar a lidar com os números de outra forma”, frisou. 

 

“A matemática e a física são disciplinas que não atraem muito os adolescentes, então decidimos inserir as duas ciências no cotidiano deles, para que todos entendam que elas fazem parte das nossas vidas. A exemplo da radioatividade, que está presente nos exames por imagens que fazemos, nos aparelhos eletrônicos, tratamentos de saúde, entre outros. A gente teve um retorno muito bom das pesquisas, os alunos ficaram bem empolgados e a gente fica feliz com esse resultado”, declarou Bethania Monteiro, professora de física da ETE e uma das orientadoras da atividade. 

 


Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668