domingo, 17 de dezembro de 2017 22:19

EREM Professor Antônio Carneiro Leão realiza o Literaleão

O festival de peças teatrais está na sua sétima edição



Assessoria de Imprensa - 07/12/2017 16:44h


Créditos: Gil Menezes

A Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Antônio Carneiro Leão realizou, nesta quarta (06) e quinta-feira (07), a sétima edição do projeto Literaleão, no Teatro de Camaragibe, Região Metropolitana do Recife (RMR). A atividade é um festival de peças teatrais pensadas e interpretadas pelos próprios estudantes, fruto de diversas ações pedagógicas que a unidade de ensino ofereceu durante todo o ano letivo com base na literatura luso brasileira.

Ao todo, foram 18 apresentações teatrais inspiradas em obras de grandes nomes da literatura, como Machado de Assis, Ariano Suassuna, Pero Vaz de Camina, Carlos Drummond de Andrade, entre outros. O evento contou, ainda, com um grupo de jurados composto por professores e artistas locais, que no final do evento escolheram a melhor peça, melhores atores, entre outros destaques.

Os estudantes ensaiaram desde o começo do segundo semestre, mas trabalham as obras literárias desde o começo do ano. “Pra gente, como professor, é de arrepiar. Estamos muito felizes porque é um projeto muito bonito, muito grande. Cenário, figurino e toda a peça são eles que fazem. Apesar das dificuldades, eles conseguem dar esse show que emociona todos nós”, declarou a professora e uma das coordenadoras do projeto, Aline Moura.

A estudante Daphne Cavalcanti, que interpretou Capitu, na obra Dom Casmurro, de Machado de Assis, deu um show de interpretação. Para ela, o projeto abre portas não só para a arte, mas sobre o mundo. “Tudo mudou no meu cotidiano depois que entrei no projeto. Do jeito de pensar ao jeito de enxergar a vida. Passei a ler bastante, a interpretar, a gostar do teatro e da arte em si. Hoje eu subi no palco e vivi realmente a personagem. Senti a emoção de estar naquela história e isso é incrível”, contou.

O projeto existe há sete anos e acontece a cada dois anos. Ele conta com a ajuda de um treatólogo da cidade, Juvino Agner, e é considerado um celeiro de artistas. A escola já inspirou diversos alunos. Um deles é o ex-aluno e agora teatrólogo Edvan Santana. Enquanto estudava na EREM, ele era tímido e tinha vergonha de falar em público. Depois que entrou no projeto, seus sonhos começaram a aparecer.

“O Literaleão mudou praticamente o pensamento social e intelectual que eu tinha. E com a ajuda da escola, me ajudou bastante com a comunicação e comigo mesmo, porque me deu um olhar diferente sobre o mundo. Depois que saí da escola, montei a minha própria peça e participei do elenco da paixão de Cristo da cidade durante dois anos”, relatou.

Mais fotos: https://www.flickr.com/photos/secretariaeducacaope/sets/72157661361464017



Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668