quarta-feira, 20 de março de 2019 20:36

Projeto Escola Conectada vai chegar a mais de 100 escolas estaduais

Nova plataforma virtual da Secretaria de Educação do Estado integra ferramentas tecnológicas ao cotidiano escolar



Assessoria de Comunicação - 10/12/2013 19:01h


Créditos: Ademar Filho

Um grupo formado por 115 escolas estaduais vai poder começar o ano letivo de 2014 tendo à disposição uma plataforma virtual que integra ferramentas tecnológicas ao cotidiano escolar. O projeto Escola Conectada foi apresentado, na manhã desta terça-feira (10), aos gestores dessas instituições de ensino da rede pública estadual e das Gerências Regionais de Educação (GRE) às quais estão jurisdicionadas.

O Escola Conectada é um ambiente virtual que disponibiliza para professores e alunos os conteúdos de todas as disciplinas da grade curricular por meio de vídeos, laboratórios virtuais, animações, mapas, simulações em três dimensões, gerador de aulas, demonstrações de fenômenos, jogos, tradutores, geração de provas, entre outros. “Todo o conteúdo já está alinhado com os novos Parâmetros Curriculares da Educação Básica de Pernambuco”, reforçou a secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, Ana Selva. 

As escolas têm até o dia 17 para decidir se vão aderir ao projeto, devendo indicar um profissional da equipe gestora ou do corpo docente para passar por uma capacitação e encabeçar o projeto no cotidiano escolar. “Esse projeto é a reformulação de um produto que já havia sido contratado pela Secretaria de Educação do Estado(SEE), o Educandus, e que agora estamos colocando essas à disposição das escolas para que a adesão aconteça de forma voluntária”, afirmou o secretário de Educação, Ricardo Dantas.

“Todo o ambiente virtual é híbrido, ou seja, pode ser acessado sem que haja necessidade de conexão à internet”, explicou Leonardo D’ório, diretor de aplicação da Educandus, empresa parceira da SEE na concepção do projeto.

A gestora da Escola Técnica Estadual Cícero Dias, Aldineide Queiroz, adiantou que vai aderir ao projeto. “Nossa escola é bastante tecnológica, usamos muito as ferramentas de tecnologia da informação e da comunicação, por isso é claro que vamos aderir ao projeto, que é híbrido, portanto vamos usar menos a internet”, garantiu. Para o gestor da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Ginásio Pernambucano, da Cruz Cabugá, Claudenildo Junior, a inserção de novas tecnologias é um atrativo para a escola. “Essa tecnologia é uma ferramenta que vem para facilitar o acesso do aluno e do professor à informação. Vamos aderir a qualquer oportunidade que tivermos nesse sentido”, afirmou.

Clique aqui e acesse.



Enviar Mensagem

Voltar



Av. Afonso Olindense, 1513 | Várzea | Recife-PE |
CEP: 50.810-000 | Fone:(81) 3183.8203
Fale com a Ouvidoria 0800.286.8668